RESUMO: Caity Lotz comparece a Phoenix Comicon

No último fim de semana, dias 04 e 05, Caity Lotz compareceu a Phoenix Comicon que ocorreu em Phoenix, nos Estados Unidos. As atividades da atriz na convenção foram fotos individuais e duo com David Ramsey (Diggle em Arrow), autógrafos e um painel individual no sábado. O seu painel foi transmitido por fãs através de tweets, confira abaixo o resumo do que ela disse:

Sobre a relação com a sua personagem Sara Lance, a atriz diz: “Quando você interpreta um mesmo personagem por um longo tempo, eles começam a te mudar um pouco” e complementa dizendo que as vezes tem dizer a si mesma “Você não é a Sara Lance de verdade, então acalme-se”.

Sobre a sexualidade de Sara Lance na série, Caity comenta: “É muito legal trazer isso para a televisão, representar a comunidade e tornar-se parte disso”. Ao comentar sobre a falta de respeito com personagens lésbicas na TV, ela diz “Eu fico ao lado da comunidade LGBT, elas merecem muito mais” citando o exemplo de Lexa na série The 100, “Eu sei que todo mundo está bravo com The 100 e estão certos. Espero que eles [os escritores] possam aprender com isso”.

Sobre ter aprendido artes marciais aos 19 anos: “Eles me ensinaram as artes marciais e eu os ensinaria como dançar”.

Em relação a morte de Laurel (Katie Cassidy) em Arrow, Caity diz: “Eu acho que Sara gostaria que Laurel soubesse que ela sente muito por não ter estado lá e que ela sente orgulho de Laurel”“Eu gostaria de ver as consequências da morte da irmã dela na história de Sara na segunda temporada”“Eu realmente amo a Katie Cassidy e seria muito divertido estar em uma série com ela de novo. Eu amaria ver mais de Laurel Lance, tanto como Black Siren ou no passado”.

Ao falar sobre Legends Of Tomorrow, Caity cita Wentworth Miller e Arthur Darvill como os atores que mais gosta de contracenar e diz que adora as dinâmicas entre esses personagens. Sobre a relação de Rip Hunter com Sara, Caity Lotz diz: “Para mim, eles são tipo irmão e irmã”. Comenta também sobre a morte de Leonard Snart e o beijo CaptainCanary de despedida: “Aquele beijo foi tão devastador porque percebi que nada viria após aquilo”.

Caity também fala sobre Arrow: “Eu não sabia de Legends Of Tomorrow quando eles me mataram na série. Então foi muito triste”. Um dos seus momentos favoritos foi enfrentar os soldados Mirakuru, na segunda temporada da série: “Foi muito divertido, eu senti como se estivesse em ‘Coração Valente’ ou algo assim”. Se Sara tivesse permanecido em Arrow, Caity diz o seguinte: “Eu acho que Sara e Felicity (Emily Bett) seriam melhores amigas”. Para a atriz, o seu vilão favorito foi o Deathstroke/Slade Wilson (Manu Bennett). Lotz acrescenta que gostaria de voltar para fazer alguns episódios na série!

Lotz expressa o desejo de estar em The Flash também: “Eu espero que as lendas consigam ser mestres do tempo e aparecer para Barry, porque eu quero estar em The Flash”.

Sobre o super crossover entre Arrow, The Flash, Legends Of Tomorrow e Supergirl, a atriz diz: “Há uma grande saturação de super-heróis agora, mas não acho que alguém está cansado disso. Estou muito ansiosa e eu espero ser parte disso!”

Em seus painéis, Caity Lotz sempre tenta deixar uma mensagem positiva e a desse foi a seguinte: “Agora estamos vendo que mulheres podem ser suas próprias heroínas. Elas podem ser heroínas sem ser vítimas. Não espere por alguém para fazer o que precisa. Comece a criar agora.”